Anuncios

 

Chocolate brasileiro
                        O SABOR AMARGO DO BRASIL

72%  dos brasileiros adoram o sabor amargo do chocolate.
Entre as diversas variedades, será que existe um tipo certo?

Especialistas em nutrição fazem um alerta aos consumidores (chocólatras) sobre as diferenças entre os produtos utilizados para análise nas pesquisas, divulgadas pela imprensa e os disponíveis no mercado.
As pesquisas são sempre feitas com chocolate riquíssimo em epicatequinas (antioxidante) numa percentagem bem maior que os encontrados comercialmente.
O s chocolates disponíveis, no geral, contem mais leite e açúcar que cacau.
Os pesquisadores dos efeitos benéficos do chocolate na saúde humana recomendam que os amantes desta tentação, prefiram os de sabor amargo. Quanto maior a concentração de cacau _ Em torno de 70%_ melhor será o produto, pois é no cacau que estão presentes os fitoquímicos benéficos à saúde.
As versões amargas são, portanto, as mais recomendáveis  e o limite para consumo é de uma barra pequena (30 grs.) por dia.
Após demoradas pesquisas na França, Alemanha e  Estados Unidos, o chocolate foi considerado como ,um superalimento , porém, como em uma  música do Roberto, tudo que é bom ,é ilegal, imoral ou engorda.
Se tirarmos as duas primeiras afirmações, que no nosso caso são falsas, a terceira é verídica. A grande parte das variedades mais consumidas por nós é rica em calorias. Uma barra grande de chocolate ao leite possui quase 2.000 calorias, cerca de 50% da energia que o chocolate oferece ao organismo, vem da gordura, porém, cerca da metade da gordura saturada do chocolate é ácido esteárico, que não aumenta o colesterol “ruim” (LDL) e aumenta o, colesterol “bom” (HDL) e o grande teor de gordura do cacau ajuda controlar a liberação da glicose no sangue. Isto significa que o chocolate não é contra-indicado aos diabéticos
O cacau auxilia na circulação. A epicatequina do cacau eleva o nível do ácido nítrico, que dilata os vasos e melhora a circulação sanguínea, diminuindo o risco de AVCs, doença cardíaca, câncer e diabetes,
Pessoas que comem regularmente chocolate de boa qualidade têm menos 12% de riscos de enfermidades relacionadas ao sistema circulatório.
Estudos científicos feitos em universidades americanas atestaram que células de câncer de mama tratadas com os flavonóis do chocolate, pararam de se dividir e a descoberta está sendo ampliada a outros tipos de câncer.
Como redutor da fadiga crônica, após ingerir 45 gramas diárias de chocolate, pacientes sentiram-se menos cansados e mais ágeis para desenvolverem suas atividades.
O chocolate estimula os neurotransmissores que regulam o sono e o humor, aumentando a disposição e a concentração.
Na contramão das qualidades, o excesso tem seus efeitos colaterais, quem come chocolate demais, normalmente pessoas depressivas, a tentativa de fuga da situação, pode fazer o humor piorar e ainda por cima provocar uma tremenda dor de barriga (diarréia ) que poderá deixá-lo por um longo tempo incomunicável, sentadinho em seu” trono “.
Em pessoas idosas é possível que o oxalato presente no chocolate, provoque menor densidade nos ossos, pois ele diminui a absorção do cálcio pelo organismo. Se o chocolate for muito doce, o açúcar poderá aumentar a eliminação do cálcio já existente.
Resistência para a pele. Estudos na Alemanha comprovaram que, depois de 3 meses consumindo chocolate diariamente, 16% das pessoas apresentavam uma pele mais firme, 20% mais hidratada e 42% menos escamosa.
O chocolate melhorou o fluxo sanguíneo e, portanto, ofereceu maior quantidade de nutrientes para a pele, deixando-a também 20% menos avermelhada depois de exposta a à luz ultravioleta, diminuindo sensivelmente o risco de câncer de pele.
Agora é só se lambuzar. Na páscoa ou fora dela é saudável comer chocolate, dê preferência, aos de sabor amargo, é muito bom e não tão caro que você não possa se dar este prazer .
Ofereça também à quem você ama, com certeza seu ibope irá aumentar.
   
Leia mais artigos do Leão Urbano                        
                      

Um abraço

Faça um comentário! Sua opinião é muito importante!

Postar um comentário

 
Top