Anuncios

 

         
             

     Pode até parecer ficção, porém, a realidade é que acima de nossas cabeças pairam milhares de foguetes e satélites artificiais desgovernados, sucateados ou completamente despedaçados.
     Desde o primeiro satélite,o soviético SPUTNICK  em 1957, já foram lançados  da terra cerca de 3.800 foguetes e
4.800 satélites artificiais, destes 3.800 estão em funcionamento. Muitos explodiram produzindo 100.000 fragmentos de diversos tamanhos,originando o chamado LIXO ESPACIAL
     O    Brasil pertence ao grupo dos POLUIDORES DO ESPAÇO desde 1993 quando lançamos o primeiro satélite- hoje são três .
     O perigo começa quando depois de décadas transmitindo dados sobre o meio ambiente, fotos, imagens, estes satélites se apagam , perdem força e despenam de uma altura de aproximadamente 36 mil km.
     Com uma velocidade a cerca de 30 mil km/h, estes aparelhos totalmente desgovernados, ao romper a atmosfera se transformam em uma bola de fogo que chega a até 4 mil graus centígrados, então, ao se desintegrar vários fragmentos alcançam a terra - Por sorte a maioria caem em alto mar ou regiões desertas.
O primeiro relato de um fato assim aconteceu em 1979 no oceano Índico.
     Mesmo que não chova satélites, outro perigo preocupa os bem informados; O espalhamento do lixo espacial em órbita da terra, fruto do abandono de objetos inúteis e sem controle terrestre. Na verdade existe um gigantesco FERRO-VELHO se movendo sobre nossas cabeças e para piorar a situação estes objetos são sustentados lá em cima por geradores alimentados por URÃNIO 235 ou PLUTÕNO 238.  São centenas de quilos de combustível atômicos vagando no espaço.
     Só nos resta torcer para que estes OBJETOS permaneçam bastante tempo lá em cima e que ao caírem, se desintegrem, e seus fragmentos se vaporizem antes de se aproximar de nós.

UM ABRAÇO.








Faça um comentário! Sua opinião é muito importante!

Postar um comentário

 
Top